carro / Pulseira eletrónica / GNR / Carjacking
Fotografia: Direitos Reservados

A Polícia Judiciária identificou e deteve um homem de 41 anos fortemente indiciado por sequestro, roubo e ofensas à integridade física. Segundo a força policial, o suspeito terá sequestrado uma pessoa durante cerca de quatro horas, período em que a agrediu, ameçou de morte e forçou a levantar dinheiro em caixas multibanco.

O caso iniciou-se por volta das 22h, no concelho da Trofa, quando o suspeito abordou a vítima no interior do seu carro, quando esta se encontrava parada num parque de estacionamento, e obrigou-a a fazer vários levantamentos de numerário em ATMs.

“Estes levantamentos ocorreram no Porto e na Póvoa de Varzim, tendo sido precedidos por ameaças com uma faca e agressões físicas contra a vítima, que esteve sequestrada no interior do seu próprio carro e privada da sua liberdade durante cerca de quatro horas”, relata um comunicado divulgado pela PJ.

Por volta das 2h da manhã, o sequestrador abandonou a vítima em plena via pública, em Covelas – Santo Tirso, apropriando-se do seu carro e de outros bens.

O assaltante, de 41 anos de idade e com vários antecedentes criminais por crimes contra o património e contra as pessoas, foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, informa a força policial.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.