Marta Alves

Marta Alves tem 20 anos e desde cedo desenvolveu uma autêntica paixão pelo futebol. Já correu muito atrás da bola, mas passou a assistir da bancada quando entrou para a universidade – até que a pandemia de Covid-19 chegou e deu uma volta de 180º ao mundo da bola.

“Está em causa o futuro do futebol distrital”, assegurou a jovem ao IMEDIATO. Assim, a adepta do SC Freamunde colocou as mãos à obra e vai enviar uma carta aberta à Junta de Freguesia, Câmara Municipal e às autoridades de saúde e primeiro-ministro.

E a mensagem é simples: apelar ao regresso do público às bancadas, à retoma da atividade da formação e à sobrevivência do futebol feminino, que se encontra “em risco”.

“Estamos interditos de entrar no estádio, mas a verdade é que isso apenas levou a maiores ajuntamentos. Concentrámo-nos em montes e isso não acontecia se estivéssemos nas bancadas, a cumprir todas as regras”, explicou a jovem ao IMEDIATO.

 

“Quero alertar que os clubes vivem dos adeptos, para que se apercebam que existe também uma pandemia nos clubes. O futebol distrital vive das receitas dos jogos e mesmo alguns sócios deixaram de pagar quotas porque não podem entrar no estádio”, denunciou.

Aos olhos da jovem adepta, o futuro do desporto regional também está em risco devido à paragem da formação, “perdendo-se muito talento” a longo prazo, porque muitos dos “craques da bola” entram no mundo do futebol através dos clubes locais.

Contudo, para Marta, o caso mais sério encontra-se mesmo no futebol feminino, que tem vindo a ser “sufocado” com a pandemia.

“O futebol feminino já é fraco e agora pode terminar em clubes como o SC Freamunde, que criou a primeira equipa feminina do Vale do Sousa. Contam-se pelos dedos as equipas e as jogadoras”, alertou a jovem.

Marta Alves reuniu com o presidente do SC Freamunde, Hernâni Cardoso, que apoiou a sua iniciativa. “É uma boa ideia, uma forma de apelar ao bom senso e trazer alguma estabilidade ao caos, porque o futebol tem todas as condições de segurança”, rematou o dirigente azul e branco ao IMEDIATO.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *