Lúcia Alves
Fotografia: CM Paredes

Foi no passado sábado, dia 22 de maio, que Lúcia Alves, atleta natural de Paredes, se sagrou campeã nacional com a camisola do Benfica.

Com o último jogo da época a ser marcado pelo dérbi entre Benfica e Sporting, os dois rivais entravam em campo com apenas dois pontos de separação. A vantagem estava do lado do Benfica, após este ter aproveitado o deslize da equipa adversária na jornada anterior.

Foi então que em 90 minutos de jogo, e sabendo da sua importância, as duas equipas entraram em campo focadas. Todavia, o esforço da equipa leonina acabou por não ser suficiente e aos cinco minutos de jogo sofre o primeiro golo da partida.  Tendo de correr atrás de pelo menos um golo para equilibrar as contas no marcador, o Sporting pressionou, mas acabou por não conseguir chegar ao golo.

A dez minutos do fim da partida, se o resultado de 1-0 agradava à equipa do Benfica, ao cair do pano esta viu o marcador aumentar. Tendo marcado aos 83 minutos o 2-0 e no minuto 87, de grande penalidade, o 3 a 0. Se antes estava difícil para a equipa da casa, agora parecia impossível. E aos 90+3, o apito final do árbitro veio o ditar a vitória do Benfica na partida e consecutiva a vitória no campeonato nacional.

Este foi o primeiro título de campeão nacional que a equipa feminina de futebol do Benfica alcançou. Para a atleta paredense de 23 anos, Lúcia Alves, que representa o clube desde 2019, este é também o seu primeiro título de campeã nacional.

A jogadora representa o Benfica desde 2019, tendo antes passado pelo Valadares. Lúcia Alves começou o seu percurso no futebol aos seis anos, nos Laranjinhas do União Sport Clube de Paredes, passando ainda pelo Santa Marta, clube de Penafiel, e pelo Freamunde.

Artigo editado por Ricardo Rodrigues.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.