GNR / Lousada / Jovem constituído arguido por furtar jardim de infância em Paredes
Fotografia: GNR

A GNR deteve esta sexta-feira um homem de 50 anos no concelho de Lousada por violência doméstica. Segundo um comunicado da Guarda, o suspeito agredia e ameaçava de morte a sua mãe, de 75 anos, desde que começaram a viver juntos, há 15 anos.

Através de uma investigação que durava há cerca de um mês, os militares da força policial descobriram que o homem “adotou comportamentos agressivos, físicos e verbais, bem como ameaças de morte com recurso a armas brancas” contra a sua progenitora.

A vítima, devido à sua idade e condições de saúde, “era incapaz de se defender por qualquer forma ou meio” das agressões, que já duravam há vários anos, a partir do momento em que os dois começaram a viver na mesma habitação, em Lousada.

“Durante os 15 anos em que coabitaram na mesma residência, o agressor exigia diariamente dinheiro para adquirir droga, chegando a encostar uma faca ao pescoço da vítima, como forma de intimidação, causando-lhe ferimentos, medo e receio pela própria vida”, lê-se na nota.

Tendo em conta a gravidade do caso, o suspeito foi detido e presenta ao Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel para primeiro interrogatório judicial. O homem de Lousada ficou, assim, sujeito a a afastamento da residência, proibição de contactos por qualquer forma ou meio com a vítima numa distância de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *