Juventude Pacense - 50 Anos
Fotografia: IMEDIATO / RIcardo Rodrigues

O Clube Desportivo e Cultural (CDC) Juventude Pacense comemora, esta sexta-feira, o seu 50º aniversário. As “bodas de ouro” do emblema estão a ser assinaladas de forma simbólica, nomeadamente com o hasteamento da bandeira, mas perspetiva-se a dinamização de atividades comemorativas ao longo de todo o ano de 2022.

À conversa com o IMEDIATO no arranque das comemorações, o presidente do clube, Mário Almeida, considera esta data um marco importante do trabalho desenvolvido no passado, mas também um “estímulo para o futuro”.

“É uma data magnífica, são 50 anos de existência deste clube que trabalhou sempre de uma forma ininterrupta em prol da comunidade e dos jovens. É com enorme alegria que comemoramos esta data, símbolo e reflexo do trabalho feito por quem por cá passou”, indica Mário Almeida.

Esta sexta-feira, o aniversário está a ser assinalado com o hastear da bandeira e uma romagem ao cemitério de forma a homenagear dirigentes, atletas e sócios já falecidos, assim como uma eucaristia, às 19:30, na Igreja Matriz de Paços de Ferreira. Contudo, durante o ano de 2022, a direção do Juventude Pacense pretende dinamizar eventos desportivos e culturais de forma a assinalar as cinco décadas de existência do emblema.

“O clube continua a seguir as premissas que estiveram na génese da sua constituição, continua a promover a prática desportiva de uma forma cada vez mais profissional e empenhada. Também a nível cultural dinamizamos o maior evento do concelho e, talvez da região, com milhares de espectadores”, afirma o dirigente.

Juventude Pacense ambiciona novo espaço de treinos

Para o futuro, o presidente do Juventude Pacense recpera uma pretensão de vários anos: a criação de um novo espaço para a realização de treinos dos atletas que praticam as cinco modalidades do emblema verde e amarelo: hóquei em patins, patinagem artística, ténis, voleibol e basquetebol.

“Aquilo que achamos é que, com um investimento não muito significativo, poderemos conseguir ter um equipamento que possa suprir essa necessidade que temos (…). Temos mais de 500 atletas em prática desportiva e é tremendamente difícil conseguir organizar treinos”, indica Mário Almeida.

Presente na cerimónia de hasteamento da bandeira, o vereador da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Júlio Morais, realçou a dinâmica do clube e o seu papel na dinamização de modalidades diferenciadoras no concelho.

“É sempre um privilégio ter um clube que comemora 50 anos, para mais com a história e com a vida que tem este clube. É claro que, para o município, é uma honra ter um clube desta dimensão com várias modalidades que envolvem centenas de jovens e levam o nome do concelho por este país fora”, indica.

Para Júlio Morais, o Juventude Pacense é “um clube peculiar” devido à aposta em desportos raros na região do Vale do Sousa e que o seu “leque tão alargado de modalidades está ao nível dos grandes clubes nacionais”, algo que encara como “um motivo de orgulho”.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.