detido / jovem
Fotografia: Direitos Reservados

A GNR deteve, na passada sexta-feira, quatro homens com idades entre os 22 e os 56 anos de idade por violência doméstica, em quatro situações distintas que aconteceram nos concelhos de Paredes, Felgueiras e Amarante.

Em todas as situações, os militares da Guarda deram cumprimento a mandados de detenção. Os detidos foram presentes a tribunal e ficaram proibidos de contactar de qualquer forma ou meio com as respetivas vítimas e obrigados a afastarem-se das residências, controlados por pulseira eletrónica.

Em Paredes, um jovem de 20 anos foi detido por exercer violência física e verbal contra duas vítimas, a sua tia e a sua avó, de 60 e 90 anos, respetivamente. Segundo apurou a GNR, o homem exigia diariamente dinheiro às duas vítimas, sendo que quando estas recusavam, ” agressor, além das agressões físicas e verbais, ameaçava-as, tendo ainda destruído vários bens da residência”.

No mesmo dia, mas no concelho de Felgueiras, a Guarda deteve um homem de 56 anos por agressões contra a sua esposa, de 50 anos, assim como por exercer controlo económico sobre a mesma.

Também em Amarante, as autoridades detiveram, na passada sexta-feira, dois homens por violência doméstica. Um homem de 50 anos foi detido por injúrias e ameaças contra a vítima, sua esposa de 50 anos, cujos comportamentos agressivos “estavam a sofrer uma escalada violenta”, descreve a GNR.

No segundo caso, um jovem de 21 anos foi detido por comportamentos violentos contra a sua ex-namorada de 19 anos. Foi possível apurar-se ainda que o agressor também ameaçava a vítima, chegando mesmo a persegui-la em veículo e a tentar-lhe retirar o telemóvel.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.