IC35

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou, em nota de imprensa, que foi já assinado o contrato para a empreitada de construção do troço do IC35 entre Penafiel e Rans. Desenvolvido no âmbito do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, no Lote de Investimentos “Missing links e Aumento da capacidade da Rede“, esta obra constitui a primeira fase do projeto do IC35 que ligará Penafiel a Entre-os-Rios.

Este primeiro troço do IC35 – há vários anos reclamados pela Câmara Municipal de Penafiel e prometido após a queda da ponte de Entre-os-Rios – desenvolve-se integralmente no concelho de Penafiel, nas freguesias de Guilhufe e Urrô, de Penafiel e de Rans.  “A empreitada, no valor de cerca de 5,5 milhões de euros, envolve a construção de um troço com 1475 metros, com início numa rotunda a construir na EN15, e final numa outra rotunda localizada em Marecos, que assegurará a ligação à rede viária local e ficará preparada para, posteriormente, ser executada a continuidade do IC35 para Sul”, informa a IP.

A obra contempla também a construção de um viaduto sobre o vale do Rio Cavalum, com uma extensão de 244 m, e de três Passagens Superiores, uma associada à obra de reconstrução da atual rotunda de ligação da EN106 com a Rua 3 de Março, e duas de criação de restabelecimentos rodoviários, que irão garantir a reposição das vias que serão afetadas pela construção do IC35.

“O contrato agora assinado será, em conformidade com o estabelecido pelo Código dos Contratos Públicos, remetido para Tribunal de Contas a fim de ser validado e atribuído Visto Prévio, fase após a qual poderá a IP proceder à consignação da empreitada”, afirma a IP.

“A assinatura deste contrato de empreitada, um dos primeiros no âmbito do PRR, contratos constitui uma antecipação a um dos exigentes Marcos definidos pelo Plano, o que confirma, de forma inequívoca, o empenho da Infraestruturas de Portugal na execução dos investimentos cuja responsabilidade lhe está confiada”, concluiu a IP.

Recorde-se também que a IP já assinou os contratos de financiamento com a Estrutura de Missão Recuperar Portugal, que englobam um valor de investimento de 394,8 Milhões de euros

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *