Incidência, Desconfinamento, Pandemia, Casos de covid-19
Fotografia: Polícia de Segurança Pública

Entre 23 de dezembro e 5 de janeiro, o número de casos positivos de covid-19 por cada 100 mil habitantes aumentou 132% na região do Vale do Sousa em comparação com os últimos dados conhecidos.Os seis concelhos da região estão no nível de risco máximo de contágio, sendo que Paços de Ferreira regista a maior incidência.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde, publicado esta sexta-feira, o maior valor entre os seis concelhos analisados pelo IMEDIATO – Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e PenafieL – é encontrado na ‘Capital do Móvel’, que regista uma incidência cumulativa de 2.601 casos de covid-19 por 100 mil habitantes.

Recorde-se que o período festivo foi marcado por um aumento no número de testes efetuados pela população, sendo que vários municípios instalaram centros de testagem gratuitos para assegurar uma maior segurança devido aos típicos ajuntamentos familiares e de amigos.

Consulte a tabela e saiba mais sobre a situação epidemiológica do seu concelho.


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) no Vale do Sousa*:

Concelho Incidência de 16/12 a 29/12 Incidência de 23/12 a 05/01 Diferença (%)
Castelo de Paiva 1.340 2.287 +70,67%
Felgueiras 691 1.953 +182,63%
Lousada 632 1.868 +195,57%
Paços de Ferreira 1.019 2.601 +155,25%
Paredes 1.068 2.358 +120,79%
Penafiel 919 2.080 +126,33%
Vale do Sousa 943,33 2.191,17 +132,2%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 07/01.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *