Testes à Covid-19 no Vale do Sousa

Entre 12 e 25 de novembro, a incidência cumulativa (casos por 100.000 habitantes) de covid-19 caiu substancialmente nos concelhos do Vale do Sousa, quando comparando com os últimos dados divulgados pela Direção Geral da Saúde (DGS), de 6 a 19 de novembro.

Segundo o mais recente boletim epidemiológico, dos seis concelhos analisados pelo IMEDIATO, a maior quebra notou-se em Paços de Ferreira, onde o número de casos de Covid-19 por 100 mil habitantes caiu quase 22%. Já a menor redução ocorreu em Castelo de Paiva, onde a incidência cumulativa caiu 8,20%.

 

Paços de Ferreira registou a maior descida na incidência cumulativa de covid-19 entre os concelhos da região, de 21,63%, passando de de 2.533 casos por 100 mil habitantes para 1.985, menos 548.

Já em Lousada, o índice caiu 13,47%, mas o concelho ocupa a segunda posição a nível nacional, apenas atrás de Freixo de Espada à Cinta, que regista uma incidência cumulativa de 3.153. No município, registam-se 2.415 casos por 100 mil habitantes, menos 376 que de 6 a 19 de novembro (2.791).

O terceiro concelho mais fustigado pela covid-19 no período analisado foi Felgueiras, com uma incidência de 1.941 casos por 100 mil habitantes. Também no concelho se registou uma diminuição do risco na ordem dos 12,61%.

Em Penafiel, a incidência cumulativa de casos de covid-19 foi de 1.860, menos 248 que nos últimos dados da DGS de 6 a 19 de novembro, uma quebra de 11,76%. Já Paredes registou uma redução no valor na ordem dos 9,02%, descendo dos 1.707 casos por 100 mil habitantes para 1.553.

Em Castelo de Paiva, a incidência cumulativa de casos positivos sofreu a menor quebra do Vale do Sousa, menos 8,20%. O concelho passou de 1.255 casos por 100 mil habitantes para 1.152.

Esta segunda-feira foram anunciados mais 3.262 infetados, 78 mortes e 3.408 recuperados no país. No total, contam-se 298.061 casos positivos no país desde o início da pandemia, 80.614 ativos. Recuperaram 212.942 doentes e faleceram 4.505.

Número de novos casos em queda

Um relatório da ARS Norte, datado de 28 de novembro, a que o IMEDATO teve acesso, confirma a tendência de decréscimo no número de novos casos positivos no Vale do Sousa, com especial destaque para Paços de Ferreira e Penafiel.

Segundo o documento oficial, nas duas últimas semanas a incidência cumulativa de covid-19 caiu 36% em Paços de Ferreira e Penafiel, 28% em Lousada, 27% em Felgueiras e 19% em Paredes.

Os dados da ARS Norte também indicam que a maior incidência semanal entre os cinco concelhos estava, a 28 de novembro, em Lousada (784,4), seguindo-se Paredes (688,2), Felgueiras (668,2), Penafiel (655,0) e Paços de Ferreira (608,2).


Incidência cumulativa (casos de covid-19 por 100 mil habitantes) na região*:

Incidência de 6/11 a 19/11 Incidência de 12/11 a 25/11 Diferença (%)
Castelo de Paiva 1.255 1.152 -8,20%
Felgueiras 2.221 1.941 -12,61%
Lousada 2.791 2.415 -13,47%
Paços de Ferreira 2.533 1.985 -21,63%
Paredes 1.707 1.553 -9,02%
Penafiel 2.108 1.860 -11,76%

*Dados do boletim epidemiológico da Direção Geral da saúde de 30/11.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *