Nos últimos dias, Paços de Ferreira esteve “debaixo do holofote”, na sequência do encerramento do Centro Escolar de Paços de Ferreira com seis casos positivos de Covid-19.

A situação chegou à imprensa nacional, bem como a notícia de três funcionários de uma empresa de Eiriz infetados, inicialmente avançada pelo IMEDIATO no sábado de tarde.

Deste modo, alguns meios de comunicação nacionais, como o Público e o Observador, seguiram a notícia publicada e referenciaram o IMEDIATO.

Nos últimos meses, a página online do jornal tem vindo a crescer gradualmente, atingindo cerca de 90.000 utilizadores e mais de 200 mil visualizações de página por mês.