Polícia Judiciária ; PJ ; abuso sexual
Fotografia: Direitos Reservados

A Polícia Judiciária deteve um homem no concelho de Paredes “fortemente indiciado pela prática do crime de abuso sexual” de uma criança de sete anos. Segundo a força policial, o polidor de móveis, de 52 anos anos de idade, ficou impedido de contactar com a vítima e sujeito a apresentações semanais no posto policial.

“Aproveitando-se da relação familiar e da coabitação que tinha com a vítima e ainda da especial vulnerabilidade da criança, de sete anos, submeteu-a a atos sexuais de relevo, que terão ocorrido durante o ano passado e no corrente ano”, lê-se na nota de imprensa.

A PJ adiantou ainda que o homem de 52 anos não tinha antecedentes criminais. Foi presente a primeiro interrogatório judicial, ficando sujeito a apresentações semanais no posto policial da sua área de residência e impedido de contactar com a vítima.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *