AEPF Formação Modular

Os profissionais de saúde e bombeiros que operam nos 12 municípios da Rota do Românico não vão pagar entrada nos dois centros de interpretação que integra. Em comunicado, a entidade adiantou que a medida pretende reconhecer “a dedicação, o esforço e os enormes sacrifícios pessoais” durante o combate à pandemia.

Segundo a Rota do Românico, o “ato simbólico de gratidão” vai vigorar até ao final do ano, sendo que profissionais de saúde e bombeiros vão ter acesso aos Centros de Interpretação do Românico (CIR), em Lousada, e da Escultura Românica (CIER), em Penafiel de forma gratuita.

A medida tem o objetivo de reconhecer “a dedicação, o esforço e os enormes sacrifícios pessoais e familiares a que foram submetidos médicos, enfermeiros e bombeiros, entre outros, durante a pandemia da Covid-19, que se continua a viver”, explicou a Rota.

O CIR funciona de terça-feira a domingo, entre as 10h-13h e as 14h-18h, enquanto o CIER, que abriu recentemente na vila de Abragão, funciona de quinta-feira a domingo, no mesmo horário. Até 30 de setembro, a entrada no mais recente centro de interpretação é gratuita para todos os visitantes.

A Rota do Românico abrange 12 municípios: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende,

ouro e prata