Na sexta-feira de manhã, a Junta de Freguesia de Penamaior deparou-se com uma grande quantidade de vidro e caixilharia depositada ilegalmente no Monte do Pilar. O IMEDIATO esteve no local e captou o cenário de poluição, já comum na zona.

“Este ato teria sido praticado no dia anterior, desconhecendo-se, contudo, o seu autor. De imediato, os serviços municipais deslocaram-se ao local e através da análise do material depositado iniciaram um conjunto de diligências no concelho por forma a tentar descobrir o seu responsável”, adiantou a Câmara Municipal.

No mesmo dia, o autor do “atentado ambiental” foi encontrado, a quem a autarquia exigiu a limpeza, em 24 horas, de todo o lixo depositado, entretanto já feita. O responsável pelo ato vai ter ainda de pagar uma coima.

A Câmara Municipal recordou que existe um serviço de recolha gratuita de vários tipos de ‘monos e monstros’ e que os resíduos industriais devem ser tratados de acordo com a lei.