Douglas Tanque
Fotografia: Direitos Reservados

O FC Paços de Ferreira condenou, esta segunda-feira, o comportamento de um adepto que assistia ao jogo com o FC Vizela, que proferiu insultos racistas direcionados a Douglas Tanque quando o jogador se preparava para entrar em campo.

“O FC Paços de Ferreira condena veemente o comportamento ocorrido ontem no Estádio do FC Vizela contra o nosso atleta Douglas Tanque, reforçando que este tipo de atitudes não pode ter lugar no desporto nem em qualquer outro contexto”, lê-se no comunicado publicado pelos Castores.

O IMEDIATO apurou que, aos 80 minutos, quando o avançado brasileiro se preparava para entrar em campo, terá sido chamado de “macaco” por um dos adeptos da equipa da casa que se encontrava nas bancadas.  Após o jogador pacense ter ajudado a identificar o indivíduo em causa, as forças de segurança presentes acabaram por retirá-lo do recinto.

O emblema pacense realçou, na nota divulgada, que “este foi um ato perpetrado por uma única pessoa e que em nada representa o FC Vizela e os seus adeptos”, considerando o clube “irrepreensível” na receção, que terminou em 1-1.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.