Reinaldo Teles
Reinaldo Teles era o braço direito do presidente dos dragões, Pinto da Costa. Foto: FC Porto

Reinaldo Teles, administrador não executivo da SAD do FC Porto e natural de Paços de Ferreira, faleceu esta quarta-feira com 70 anos, vítima da Covid-19. Estava internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de São João há quase um mês, com respiração assistida.

Nasceu a 14 de fevereiro de 1950, em Frazão, Paços de Ferreira, onde viveu até se mudar para o Porto. Entrou no mundo do boxe – e na esfera ‘azul e branca’ – aos 12 anos, enquanto atleta do boxe, alcançando vários títulos nacionais, entre os quais o de campeão nacional de Pesos Médios, em 1974.

Em 1979, terminou a carreira de pugilista e tornou-se dirigente da secção. Três anos depois, quando Pinto da Costa assumiu a presidência do FC Porto, transferiu-se para o departamento de futebol, onde ocupou o cargo de diretor adjunto e passou a liderar o departamento em 1988.

“No final de 1989 recebeu o Dragão de Ouro para dirigente do ano, em 1994 foi distinguido com o estatuto de sócio honorário do FC Porto e em 1998 surgiu a condecoração com o Dragão de Honra. Desde então, Reinaldo Teles, integrou o leque de administradores da SAD e do clube portista e, lado a lado com o amigo e presidente Pinto da Costa, contribuiu para as imensas vitórias portistas que engrandecem as vitrines da instituição tripeira”, escreveram os dragões na sua página.

Esta quarta-feira ficou marcada ainda pelo falecimento de Diego Maradona, uma das lendas do mundo do futebol. O antigo internacional argentino, de 60 anos, sofreu uma paragem cardiorrespiratória enquanto recuperava de uma operação a um edema cerebral realizada no início do mês.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *