Autor: Poema / Guerra/ Milho / Sanções / preço / guerra / pandemia / Natal / Bola de Ouro / Santo / Feira / Marcelo / Vazio / Presidente / Farda / Messi / Vacina / Férias / Europeu, "criança"; "Fraude" "Jogo" "Liberdade"; "Juízes", "Política sem vergonha","Presságio, A vitória da frustração", "País doente"

1 -Poema a Beatriz
O TEU NOME BEATRIZ,
JÁ ESTÁ ESCRITO NAS ESTRELAS.
E EM CADA UMA DELAS
HÁ UM BRILHO ESPECIAL QUE RELUZ
NUMA DISPUTA FELIZ QUE SEDUZ
PARA SEREM AS MAIS BELAS;
– UM RAIO COM CORAÇÃO VINDO DO CÉU
COMO SE UM ANJO FOSSE, ASSIM O DIZ!

Beatriz 1
Fotografia: Joaquim A Moura

2 – Uma estrela nasceu
“Em julho debulhar”;
– o provérbio assim o diz
Mas foi o encanto do teu nascer
e o teu nome, Beatriz,
que nos faz engrandecer.
E na colheita deste Presente
que vamos desde agora desembrulhar,
saibamos sempre ver-te, em bela flor
a sentir raro perfume
que nos enche o coração
e nos dará um sonhar-feliz,
com nobre “história” plena de cor
como uma Estrela de Luz, de Celeste Lume,
a brilhar num jardim de Lis!

Leia mais artigos na página de opinião do IMEDIATO.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.