CHTS - Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa

 

A diretora do serviço de Farmácia do Centro Hospitalar do Tâmega (CHTS) foi demitida depois de, na semana passada, terem sido danificados 113 frascos de vacinas contra a covid-19, que seriam utilizados na vacinação de cerca de 600 profissionais.

Questionado na altura do incidente, fonte do CHTS afirmou que tal se deveu a “uma utilização inadequada do sistema de refrigeração da farmácia” e garantiu que abriu um “processo de inquérito” para apurar responsabilidades e avaliar a apresentar um processo-crime”.

Agora, a diretora do serviço de Farmácia foi suspensa das suas funções. Contactado pelo Jornal IMEDIATO, o CHTS afirmou que “não se pronuncia” sobre o assunto, “por estar a decorrer um processo de inquérito”.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *