Paços de Ferreira / jovem
Fotografia: GNR

A GNR deteve, nos últimos dias, dois homens por violência doméstica no concelho de Penafiel. Nos dois casos, os suspeitos ficaram sujeitos a pulseira eletrónica.

No domingo, depois de uma denúncia, os militares do Posto Territorial das Termas de S. Vicente detiveram um homem de 40 anos, intercetando-o num veículo e encontrando na sua posse uma navalha e um bastão artesanal.

“Na sequência de uma denúncia por violência doméstica, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, tendo abordado o suspeito num veículo. No decorrer da ação, os militares detetaram um forte odor a álcool emanado pelo suspeito, tendo sido efetuada uma revista que permitiu detetar uma navalha e um bastão artesanal na sua posse”, relatou a GNR.

Já na segunda-feira, um outro homem, de 37 anos, foi detido no concelho pelo mesmo crime devido ao “escalar dos episódios de violência”. No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito terá infligido reiteradamente maus-tratos físicos e psicológicos contra a vítima, sua ex-mulher de 35 anos, com a qual manteve uma relação de 12 anos.

“No início do presente mês, a vítima foi forçada a imobilizar o seu veículo, enquanto circulava na via pública, após um série de manobras perigosas realizadas pelo agressor, que conduzia outro veículo. Após conseguir abordar a vítima, o suspeito agrediu-a fisicamente”, indicou a GNR.

Nos dois casos de violência doméstica, os suspeitos foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Penafiel, ficando proibidos de se aproximarem das vítimas e das suas residências, controlados por pulseira eletrónica, e obrigação de sujeição a tratamento de alcoolemia.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *