A Câmara Municipal de Paços de Ferreira anunciou esta quarta-feira que vai proceder ao encerramento dos estabelecimentos de ensino públicos do concelho de Paços de Ferreira mesmo que o Governo não o decrete.

Em comunicado, o município adiantou que “o presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, Humberto Brito, oficiou, junto dos Ministros da Saúde e da Educação, um pedido para o encerramento de todas as escolas do concelho, no âmbito das medidas excecionais para prevenção da propagação do surto epidemiológico COVID-19”.

Segundo a autarquia, este pedido deve-se ao facto de existirem “dezenas de alunos, professores e colaboradores provenientes dos concelhos de Lousada e Felgueiras”, fator que trouxe “uma enorme preocupação por parte dos pais e de toda a comunidade”.

Contudo, até ao momento, a Câmara Municipal não recebeu indicação do Governo de que tal iria acontecer.

“Aguardaremos pela reunião agendada para esta tarde do Conselho Nacional de Saúde Pública, durante a qual a questão do encerramento das escolas estará em cima da mesa. Caso não seja decretado, por parte do Governo, o encerramento das escolas, a Câmara Municipal, ainda hoje, determinará o encerramento das mesmas”, anunciou.

AEPF Formação Modular