Obra Social e Cultural Sílvia Cardoso
Fotografia: Arquivo

A 26 de Julho do ano de 1882, há 139 anos, nascia D. Sílvia Cardoso, considerada uma das figuras mais marcantes na história do concelho de Paços de Ferreira e ainda hoje, 70 anos após o seu falecimento, venerada por muitos.

Para marcar a data, a comunidade paroquial de Paços de Ferreira vai dinamizar um conjunto de atividades culturais que começaram na sexta-feira com a inauguração de uma exposição de aguarelas da autoria de Sílvia Anjos: «Um olhar sobre a figura da venerável serva de Deus Sílvia Cardoso», que estará patente no interior da Capela Tumular até ao final do mês.

No mesmo dia, bem como no sábado e domingo, vai ser apresentado o «Auto da Vida e da Morte», de António Aleixo, interpretado pelo grupo de teatro da Paróquia de Paços de Ferreira. As comemorações cessarão na segunda-feira, às 20:00, com a realização de uma eucaristia solene na Igreja Matriz da paróquia.

Em nota de imprensa, a comunidade paroquiana pacense realçou as características de D. Sílvia Cardoso, que “se fez notar não pela futilidade de uma vida exterior, mas pela utilidade de uma vida doada por inteiro no serviço generoso aos mais carenciados e débeis que são o centro do Coração de Deus”.

WhatsApp Image 2021 07 14 at 23.05.01
Cartaz das comemorações

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *