Carro

 

A comunidade das freguesias de Parada de Todeia, Recarei e Sobreira, do concelho de Paredes, ofereceu um carro ao diácono Edgar Leite no fim do estágio pastoral que realizou na paróquia. O peditório foi organizado pela Comissão Fabriqueira e mereceu algumas críticas por parte de vários moradores das freguesias.

“Gostava de uma forma simples agradecer a todos que de variadas formas contribuíram para ser aquilo que sou hoje. Obrigado a todas as “formiguinhas” que de forma discreta permitiram que este dia fosse como foi. Sei que nunca conseguirei chegar a todos, contudo gostava que todos sentissem a minha gratidão”, escreveu o agora sacerdote, no dia 17 de julho, após receber o presente, na página da rede social das Paróquias de Parada de Todeia, Recarei e Sobreira.

A ideia partiu da Comissão Fabriqueira, que deu início a um peditório porta a porta nas três freguesias, para dar um presente a Edgar Leite, o diácono natural de Sendim, Felgueiras, que esteve dois anos na paróquia a fazer o estágio pastoral orientado pelo Padre Pedro Sérgio, antes de ter sido ordenado pároco no dia 11 de julho.

Já depois da oferta, algumas vozes usaram as redes sociais para se insurgirem contra a oferta feita ao Padre Edgar. Outras agradeceram o trabalho realizado pelo diácono na freguesia e louvaram o reconhecimento. Já o Padre Pedro Sérgio, o presidente da Comissão Fabriqueira e orientador do estagiário, não se quis pronunciar sobre o assunto.

O padre Edgar Leite já foi ordenado Padre e foi nomeado Pároco de Lamoso (Stª Maria), Penamaior (Divino Salvador) e Sanfins de Ferreira (S. Pedro), da Vigararia de Paços de Ferreira.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *