O PS, PSD e CDS votaram contra a proposta de eliminação das portagens na A41/42, A 29 e A28, apresentado esta sexta-feira pelo grupo parlamentar do PCP.

O Projeto de Resolução n.º 166/XIII/1.ª (PCP) que recomenda ao Governo a “Eliminação das portagens na A28, A41/A42 e A29” foi a votação na Assembleia da República e acabou chumbada pelos principais partidos do parlamento, enquanto o PAN se absteve do projeto de resolução.
“Decorridos todos estes anos, é possível concluir que neste processo houve quem ganhasse – as concessionárias – e quem perdesse – o Estado, a economia regional, os trabalhadores e a população em geral. Nestes termos propôs, o grupo parlamentar do PCP, que a Assembleia da República se pronunciasse pela abolição da cobrança de taxas de portagem em toda a extensão da A28, A41/A42 e A29. A votação realizada, em plenário da Assembleia da República, com o votos contra de PS, PSD e CDS e a abstenções de PAN, e consequentemente a rejeição desta iniciativa legislativa, comprova como PS, PSD e CDS são responsáveis não só pela introdução de portagens como pela sua manutenção apesar da sua injustiça e as nefastas consequências para o tecido económicos e para a população do distrito do Porto. O PCP, vai continuar a lutar pela abolição das portagens em toda a extensão da A28, A41/A42 e A29”, pode ler-se na página oficial do PCP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *