Autarcas vão pedir financiamento extraordinário ao Governo para fazer face ao aumento dos custos
Fotografia: ANMP

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) vai apresentar ao Governo as preocupações dos autarcas advindas do aumento do custo da energia, dos combustíveis e da matéria prima, que causam impactos nas empreitadas e atividade das autarquias.

“A presidente da ANMP, Luísa Salgueiro, referiu que os municípios estão preocupados com a gestão financeira municipal, em função do impacto do aumento dos custos da energia, dos combustíveis e da matéria-prima, que se repercute no valor das empreitadas que estão em execução, mas também com “as empresas que dão nota de terem dificuldade em cumprir as condições contratuais que estavam previamente estabelecidas e ainda com o impacto da própria revisão de preço das empreitadas em curso”, indica a entidade, na sua página.

Em declarações ao Jornal de Notícias, a representante dos autarcas portugueses adiantou que vai apresentar a António Costa um pedido de apoio através de “financiamento extraordinário” de forma a fazer face ao “avassalador” aumento de despesas que as autarquias encontram.

“A solução é alertar para a necessidade de reafetar verbas, rever prioridades, encontrar financiamentos que não estavam previstos. O Governo está a ponderar isso do ponto de vista fiscal e soluções à medida. Teremos de encontrar medidas extraordinárias para esta questão extraordinária”, afirmou Luísa Salgueiro, em declaração ao jornal diário.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.