jogo ilegal
Fotografia: GNR

Os militares do Posto Territorial de Paços de Ferreira apreenderam, esta segunda-feira, quatro máquinas de jogo de fortuna e azar no concelho de Paços de Ferreira. Um homem de 31 anos, explorador de um dos estabelecimentos visados, foi constituído arguido.

“Na sequência de uma denúncia sobre a existência de máquinas de jogo ilegal, os militares da Guarda fiscalizaram dois estabelecimentos de restauração e bebidas, no concelho de Paços de Ferreira, onde detetaram e apreenderam quatro máquinas de jogo ilegal”, informou a força policial, em nota de imprensa.

Foi identificado e constituído arguido um homem de 31 anos, explorador de um dos estabelecimentos. Foram ainda elaborados dois autos de contraordenação. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paços de Ferreira.

Recorde-se que na passada quinta-feira foram também apreendidas duas máquinas de jogo ilegal no concelho, tendo sido identificada e constituída arguida uma mulher de 31 anos.

“A GNR relembra que a dependência no jogo é reconhecida como uma patologia, sendo necessário estar alerta aos sinais que revelem a adição do jogador, pois é comum que aqueles que sofrem desta perturbação ponham em risco o seu trabalho e contraiam dívidas, acabando por inviabilizar a sua interação com a sociedade e adotar um comportamento autodestrutivo”, lê-se na nota enviada.

“É por este motivo, fundamental, uma fiscalização contínua e presente neste âmbito, de forma a sinalizar as pessoas com esta dependência, e reprimir quem utiliza e explora, de forma descontrolada e dissimulada, este tipo de equipamentos ou promove jogos de fortuna ou azar”.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *