Agrupamento de Escolas de Vilela vence concurso nacional
Fotografia: Direitos Reservados

Um grupo de alunos do Agrupamento de Escola de Vilela conquistou o primeiro prémio no concurso «Nós Propomos», com um conjunto de vídeos desenvolvidos para melhorar uma iniciativa da Câmara Municipal de Paredes de incentivo ao comércio local.

A realizar-se pelo décimo ano consecutivo, a nível nacional, o Projeto «Nós Propomos! Cidadania e Inovação na Educação Geográfica» foi desenvolvido no âmbito da disciplina de Geografia e teve como objetivo promover a cidadania territorial local.

Um projeto desenvolvido a nível nacional, que conta com a participação de várias instituições vem a ser um hábito na participação da Escola Secundária de Vilela. “Esta não é a primeira vez que participamos no projeto, já participamos há vários anos. No ano passado, inclusivamente, ganhámos o primeiro prémio nível nacional e este ano repetimos. Já somos, portanto, habituais neste projeto”, contou ao IMEDIATO o diretor do Agrupamento de Escolas de Vilela, Albino Pereira.

A proposta vencedora apresentada pelos alunos do 11º VD na décima edição do concurso consistiu, nas palavras do responsável, na “ativação e no avivar e aumentar potencialidades de uma montra digital de produtos de lojas que pretendem promover o comércio local em Paredes”.

O grupo pegou na iniciativa «Montra Digital», desenvolvida pela Câmara Municipal de Paredes para promover o comércio digital do concelho, tendo complementado o projeto com o desenvolvimento de uma série de vídeos promocionais.

De salientar que esta não é a primeira vitória do agrupamento neste concurso, tendo no ano passado recebido igualmente o primeiro prémio, fazendo com que a vitória deste ano se torne na chamada “dobradinha”, na gíria. Quando questionado sobre o motivo de sucesso dos seus alunos e professores, Albino Pereira, dá enfase à “motivação e capacidade de entrega” de ambos.

“No Agrupamento de Escolas de Vilela trabalhamos a metodologia de projeto já de forma bastante consistente. Iniciamos cada ano letivo sempre uma semana usando a metodologia PBL – Project Basic Learning, já temos participações em projetos internacionais Erasmus onde se aplica também a metodologia de projeto. Temos, portanto, alunos já bastante habituados com a metodologia, professores também bastante habituados e motivados e a capacidade de entrega de ambos é que faz com que o sucesso aconteça”, afirmou Albino Pereira, diretor do Agrupamento de Escolas de Vilela.

Conheça o projeto vencedor do Agrupamento de Escolas de Vilela:

Artigo editado por Ricardo Rodrigues.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.