fernanda ribeiro1

 

No dia 2 de agosto de 1996, a atleta penafidelense conquistava a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta. 25 anos depois, a atleta foi homenageada pela Câmara Municipal de Penafiel, que colocou uma placa com o seu nome no Complexo Desportivo no Parque da Cidade, onde a atleta apadrinhou a pista ali construída recentemente.

Recordando a conquista da penafidelense há 25 anos atrás nos Jogos Olímpicos de Atlanta, “um momento vibrante para todos os penafidelenses”, Antonino de Sousa, presidente da Câmara Municipal de Penafiel destacou o facto de Fernanda Ribeiro ser uma das quatro atletas portuguesas a conquistar a medalha de ouro para Portugal, nos mais de 100 anos de participação do país na competição. “Por isso, está homenagem do município de Penafiel, da terra que a viu nascer, é uma homenagem de todo o concelho e de todos os Penafidelenses”, frisou.

Com cinco participações nos Jogos Olímpicos, Fernanda Ribeiro conquistou duas medalhas para Portugal, tornando-se “a mais medalhada de sempre” e uma “referência no país”. Por isso, esta segunda-feira, 25 anos após a conquistar do mais alto lugar do pódio nos 10 mil metros em atletismo em Atlanta, foi descerrada uma placa em homenagem a Fernanda Ribeiro no Complexo Desportivo de Penafiel, localizado no Parque da cidade. A atleta apadrinhou ainda a pista de atletismo construída no local. “Para nós a homenagem maior não é a placa que agora acabamos de descerrar, mas é esta pista que aqui está, um trabalho que se iniciou há vários anos e que tinha por objetivo criar na terra dela uma pista de atletismo, que tem condições para acolher todo o tipo de provas de atletismo e vai permitir que muitos jovens possam ter oportunidade no mundo do desporto”, explicou o edil penafidelense.

Foi com muito orgulho que Fernanda Ribeiro recebeu esta homenagem. Recordando o seu percurso – importante para a sua carreira – a atleta mostrou-se muito satisfeita pela sua terra ter agora uma pista de atletismo, por si apadrinhada.

Recuando há 25 anos atrás, Fernanda Ribeiro conta que sofreu, momentos antes de entrar em competição, mas que viveu “dos dias mais felizes” da sua vida, quando subiu ao pódio, a ouvir o hino português, com a bandeira de Portugal e partilhar o momento com os adeptos. “É das coisas que eu senti mais prazer de ouvir. E quando damos a volta de honra queremos mostrar ao público o nosso país e a nossa bandeira”.

Para sempre recordar será esta homenagem que a sua cidade lhe prestou. “Nunca vou esquecer”, concluiu

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *