cadeia 1

José Manuel Coelho, antigo chefe da Guarda Prisional na cadeia de Paços de Ferreira, foi condenado, esta segunda-feira, a 13 anos e seis meses de prisão, pelos crimes de tráfico de droga agravado e corrupção passiva.

Para o Tribunal, ficou provado que José Manuel Coelho funcionou como “correio de droga” entre os anos de 2012 e 2018, facilitando a entrada de heroína e cocaína dentro do estabelecimento prisional, que depois entregava a três reclusos, que a traficavam e pela qual pagavam a José Manuel Coelho compensações financeiras.

Ficou ainda provado que Joel Rodrigues, considerado pelo Tribunal como o cabecilha da rede, assim como Mário Rocha e José Oliveira, dominavam o esquema de tráfico no interior da cadeia, contando para isso com a ajuda de outros presos. Estes foram condenados a penas de prisão entre os 12 anos e os sete anos e seis meses.

A prisão efetiva foi também condenado Diamantino Oliveira – seis anos e três meses – o homem que era apontado como o braço direito de Joel Rodrigues.

No processo, que envolvia um total de 20 arguidos, oito deles foram condenados a penas suspensas, um outra a uma pena de multa e os restantes seis absolvidos dos crimes de que vinham acusados.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *