creche

A Câmara Municipal de Penafiel aprovou a adjudicação da construção de uma creche municipal em Santa Marta, freguesia de Penafiel, um investimento de cerca de um milhão de euros, que vai permitir a criação de 42 lugares para crianças dos 3 meses aos 3 anos.

A autarquia de Penafiel já adquiriu o terreno, assumiu e desenvolveu o projeto – que representa um investimento de cerca de um milhão de euros e conta também com apoios comunitários – e a obra deverá estar concluída no prazo de um ano.

Este projeto, inicialmente, foi idealizado e candidatado pela Fundação Santa Maria Madalena, que, entretanto, por falta de condições financeiras, acabaria por desistir.

Penafiel quer criar 160 novos lugares para acolher crianças dos 3 meses aos 3 anos em creches.

O Município de Penafiel pretende ainda, através do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, denominado “PARES 2.0”, criar mais três creches, nas freguesias de Guilhufe e Urrô, nas antigas instalações da Escola EB 1 de Gandra, que se encontra já em fase de construção e que terá capacidade para 34 crianças; nas Termas de S. Vicente, a funcionar no Jardim de Infância da Igreja, cujo concurso será lançado muito brevemente, tendo 42 vagas; e na vila de Abragão, um projeto, com lugar também para 42 crianças, que deverá ser criado nas antigas instalações da Escola EB 1 de Miragaia.

Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, “estas são excelentes notícias para o nosso território. Dar uma resposta à altura das necessidades dos penafidelenses é a nossa prioridade, e, neste caso, trata-se também de cumprir um compromisso eleitoral”. Segundo o autarca, “existe uma lacuna” no Concelho na oferta de creches, “mas que vai agora ser melhorada significativamente. No caso específico de Santa Marta, é urgente a disponibilização deste tipo de equipamento, numa área que é fortemente industrializada, onde a maioria dos trabalhadores são do sexo feminino e que se deparam com esta dificuldade”.

“É, de facto, uma resposta importante de apoio social. No total do Concelho, serão criados 160 novos lugares para serem preenchidos por crianças dos 3 meses aos 3 anos. Agora queremos ver estas creches a funcionar e a servir a população o mais rápido possível”, concluiu.

 

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.