A cidade de Freamunde vai ver nascer um Intermaché entre o final deste ano e o início de 2021. A confirmação foi dada ao IMEDIATO pelo administrador do Intermaché de Paços de Ferreira, Torcato Fernandes.

Segundo o mesmo, o futuro espaço comercial vai ser erguido nas instalações da antiga “Fábrica de Móveis e Material Escolar Albino de Matos, Pereira & Barros”, em frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Freamunde.

“Já há alguns anos que queríamos um Intermaché em Freamunde, mas não foi fácil encontrar uma localização adequada. Propuseram-nos a ‘Fábrica Grande’ e validámos o local”, contou em exclusivo ao IMEDIATO.

O projeto para a superfície comercial envolve quatro milhões de euros e já está licenciado. Prevê um espaço comercial com 1.250 metros quadrados, um posto de combustível e 100 lugares de estacionamento, chegando no total aos 2.100 metros quadrados.

Assim, a “Fábrica Grande”, reconhecida por muitos como “o Berço do Móvel”, tem os dias contados, mas não vai ser completamente demolida. “Vamos aproveitar para fazer um memorial daquilo que existiu, mas o resto não tem condições para ser recuperado”, explicou o administrador ao IMEDIATO.

Na parte de trás do futuro Intermaché, vão ser também erguidos dois edifícios de habitação com 60 apartamentos, orçamentados em oito milhões de euros.

“Estes projetos vão dar uma nova vida à cidade. O futuro de Freamunde vai passar por aquele local”, afirmou, esperançoso, o administrador do Intermaché de Paços de Ferreira.

Veja algumas imagens do local onde vai nascer o futuro Intermaché de Freamunde.