Travado gangue responsável por vaga de assaltos a lojas Cavalinho
Fotografia: GNR

Foram detidos, na quarta-feira, três homens com idades entre os 23 e os 46 anos, suspeitos de realizarem diversos assaltos a lojas e furtos em camiões. Através de nove buscas, as autoridades policiais apreenderam material roubado e ferramentas, assim como mais de 1.400 doses de haxixe e canábis e armas de fogo.

Segundo a GNR, a captura do trio resultou de duas investigações, uma que decorria em Penafiel, por 12 assaltos a lojas da marca Cavalinho – entre as quais uma situada em Baltar, alvo do gangue por sete vezes – enquanto outra investigação decorria em Matosinhos por assaltos a camiões, furto no interior de viaturas e de viaturas.

Ao Jornal de Notícias, o major Francisco Martins, oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial do Porto, explicou que “a dado ponto os investigadores perceberam que se tratavam dos mesmo indivíduos”, levando a que as duas investigações se unissem. Ainda se apurou que o grupo se dedicava ao tráfico de droga.

De acordo com a mesma fonte, os artigos furtados das lojas e viaturas eram comercializados a revendedores, vendidos em plataformas online e a amigos e conhecidos do trio.

Durante a operação, os militares dos Núcleos de Investigação Criminal (NIC) de Penafiel e Matosinhos levaram a cabo cinco buscas domiciliárias e quatro buscas em veículos, tendo apreendido 1.248 doses de haxixe, 218 doses de canábis, quatro armas de fogo e 128 munições, 50 malas e 18 perfumes de diversas marcas, assim como dois sacos forrados com prata.

As buscas permitiram ainda apreender material usado pelo gangue no tráfico de droga, como balanças digitais, e ferramentas durante os assaltos, como um berbequim e diversos objetos de programação de automóveis.

Os três detidos têm antecedentes criminais por crimes da mesma natureza e sobre um deles pendia mandado de detenção, para cumprimento de pena efetiva de oito anos, pelo que foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Custóias. Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial da Maia e ao Tribunal Judicial de Penafiel.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.