Seis utentes e nove funcionários do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Paços de Ferreira estão infetados com o novo coronavírus.

O surto foi descoberto depois de uma funcionária ter testado positivo, após ter realizado o teste para ser submetida a uma intervenção cirúrgica. Após a deteção deste primeiro caso, foram realizados testes aos 60 utentes e a cerca de cinquenta funcionários da instituição, tendo sido detetados 15 casos de infeção, seis entre os utentes e nove entre os funcionários, encontrando-se todos assintomáticos.

Segundo fonte próxima das autoridades de saúde local, o surto foi um dos assuntos discutidos na Comissão Municipal, reunida esta quarta-feira, tendo sido decidido ativar o edifício Vila Maria (um edifício da instituição junto ao Lar) onde serão colocados cinco dos seis utentes infetados, visto um deles ter sido hospitalizado, por precaução. O Lar encontra-se em confinamento institucional e todo o edifício vai ser sujeito a uma desinfeção.

O Jornal IMEDIATO sabe que o concelho de Paços de Ferreira já ultrapassou a barreira dos 1000 infetados por covid-19, sendo o concelho da região do Vale do Sousa que tem registados os maiores aumentos diários de casos positivos. Este aumento, foi um dos assuntos abordados na reunião da Comissão Municipal (na participaram representantes da Unidade de Saúde Pública, Agrupamento de Centros de Saúde do Tâmega III – Vale do Sousa Norte, Segurança Social, Bombeiros de Paços de Ferreira e Freamunde, Cruz Vermelha de Frazão, Forças de Segurança e autarcas), que passa agora a reunir semanalmente para acompanhar a evolução da pandemia no concelho.