O presidente do Sport Clube Freamunde, Hernâni Cardoso, revelou ao IMEDIATO que o clube e a SAD viram aprovados dois Processos Especiais de Revitalização (PER), que vão permitir negociar os mais de dois milhões de euros em dívidas com os credores.

Enquanto a SAD do Freamunde viu aprovado o seu PER na semana passada, o clube recebeu a boa nova este sábado. Os processos vão permitir “encontrar uma solução para as dificuldades económicas que o clube atravessa”, afirmou Hernâni Cardoso.

Segundo o presidente do SC Freamunde, os pedidos para os processos de revitalização foram feitos pelo clube em setembro e outubro do ano passado. Estas medidas foram necessárias para que o clube continuasse a competir na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto, na qual ocupa atualmente o quarto lugar.

“Foi necessário fazer um processo de revitalização porque, quando os jogadores não receberam alguns salários, fizeram queixa na liga. A incerteza de se continuávamos ou não reinou até ao último jogo”, contou ao IMEDIATO.

De acordo com o dirigente, também vários apoios ficaram penhorados devido às dívidas do clube e SAD. O valor total dos débitos está “bem acima dos dois milhões de euros”, com cerca de 1,5M de dívidas na SAD e perto de 800 mil euros no clube.

Estas notícias vêm a quase um mês do 87º aniversário do SC Freamunde, que se vai celebrar a 19 de março.