RuiRio
Rui Rio celebra reeleição como presidente do Partido Social Democrata

O atual líder do Partido Social Democrata, Rui Rio, foi reeleito no cargo de presidente do partido, após o ato eleitoral direto que decorreu durante o dia de sábado em todo o país e que contou com ampla participação das estruturas concelhias do maior partido da oposição.
Esta foi “a vitória dos militantes de base” contra os dirigentes, “que têm de se ligar mais aos militantes”: “Grande parte do apoio dos dirigentes foi mais a pensar nos seus interesses pessoais e não nos interesses do PSD”, disse Rui Rio após garantir um terceiro mandato à frente dos destinos do PSD. E acrescentou que agora o objetivo é, “no dia 30 de janeiro ganhar as legislativas”.
O candidato derrotado, Paulo Rangel, salientou que agora é “muito importante que todo o partido esteja unido” em torno do presidente reeleito no confronto das eleições legislativas de 30 de janeiro.
Rangel prometeu “lealdade” a Rio, assegurou que continuará eurodeputado e destacou que este processo eleitoral permitiu “reforçar a legitimidade do líder do PSD”, destacando a utilidade desse facto para a campanha das legislativas.
De um total de 46.664 inscritos, 35.991 militantes exerceram o direito de voto. Rui Rio alcançou 18.604 votos e Paulo Rangel 16.879, havendo ainda 189 votos nulos e 319 votos em branco.

Posição das Concelhias
As comissões políticas da região já haviam deixado a sua posição sobre o ato eleitoral, sendo que no caso de Paços de Ferreira não houve o apoio assumido a qualquer dos candidatos. “Abordamos este tema no nosso plenário e ficou definido que não deve haver um apoio em bloco a um candidato porque tal iria condicionar a liberdade de voto dos militantes”, afirmou em devida altura ao IMEDIATO o candidato demissionário Alexandre Costa. Recorde-se que a estrutura local do PSD irá a votos no próximo dia 4 de dezembro.
Em Penafiel a estrutura local havia declarado apoio a Paulo Rangel, o candidato derrotado. “Defendemos uma renovação no partido, uma lufada de ar fresco e uma liderança capaz de unir o partido e apresentar-se às eleições legislativas com vontade de ganhar e um programa eleitoral ambicioso”. Havia referido ao IMEDIATO Pedro Cepeda, atual presidente da concelhia penafidelense e também vice-presidente da Câmara Municipal.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *