O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, no dia 21 de agosto, deteve um homem de 51 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Felgueiras.

Na sequência de um processo crime por violência doméstica, apurou-se que o agressor, por não aceitar a separação, exercia violência psicológica contra a vítima, sua ex-mulher de 44 anos, proferindo também ameaças de morte e ofensas verbais na presença dos filhos menores. Apurou-se ainda que a vítima foi integrada no Programa de Teleassistência para vítimas de violência doméstica, tendo-lhe sido entregue um equipamento, o qual foi acionado algumas vezes.

O detido foi presente, ontem, dia 22 de agosto, a 1º interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, onde lhe foi aplicada a medida de coação de proibição de contactos por qualquer forma ou meio com a vítima, controlado por pulseira eletrónica.