violencia 1

 

Dois homens, de 37 e 55 anos, foram detidos pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel por violência doméstica, em Lousada.

A primeira detenção ocorreu no âmbito de uma investigação por violência doméstica, durante a qual os militares da Guarda apuraram que o suspeito de 37 anos, já com antecedentes criminais por violência doméstica, agrediu física e verbalmente a mulher com quem esteve casado durante cinco anos, o que originou a separação há cerca de 12 anos. Contudo, apesar de divorciado, o casal reatou a relação amorosa, mas os episódios de violência física e verbais voltaram a surgir.

No último episódio de violência, no passado mês de agosto, o agressor foi esperar a vítima ao seu local de trabalho, perseguindo o veículo desta, obrigando-a a parar. Depois, a vítima foi agredida fisicamente, injuriada e ameaçada de morte, o que levou à detenção do agressor.

No segundo caso, o homem de 55 anos foi detido por exercer violência psicológica e sexual contra a vítima, sobre a sua ex-esposa de 54 anos. Após o divórcio ocorrido no mês de julho, o suspeito continuou a importunar a vítima, ameaçando-a de morte e forçando-a a manter relações sexuais contra a vontade desta, usando violência física para conseguir atingir os seus objetivos.

Os dois homens foram presentes a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel. O mais jovem ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contactar a vítima, por qualquer forma ou meio, proibição de se aproximar, permanecer ou frequentar a habitação da vítima e o seu local de trabalho, estabelecendo-se a área de exclusão com um raio de 300 metros, controlado por pulseira eletrónica.

Também o mais velho ficou sujeito a pulseira eletrónica, assim com a submeter-se a um tratamento de alcoolismo. Ficou ainda proibido de contactar por qualquer forma ou meio com a vítima e sujeito a afastamento da residência e do local de trabalho da vítima, num raio de 500 metros.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *