Escalão A e B

Este ano letivo vai ser implementado o projeto aLOL – ad libitum Orquestra de Lousada, no Agrupamento de Escolas Lousada Oeste. Trata-se de um projeto de inclusão social que pretende integrar as crianças e jovens através da música. Com este projeto pretende-se combater situações, tais como o abandono ou o insucesso escolar, entre outras problemáticas, assim como promover a integração social e os direitos de igualdade.

A metodologia de ensino pedagógica baseia-se num sistema de imitação, onde a criança ou jovem cria o gosto por fazer através dos professores e só depois aperfeiçoa. A aLOL vai ser composta por 48 crianças e jovens em formato de Orquestra Clássica. O projeto vai ter sete horas de carga curricular semanal com uma hora de instrumento, duas horas de Naipe, uma hora de Formação Musical e três horas de Orquestra. Os instrumentos que vão compor esta orquestra vão ser o violino, viola d´arco, violoncelo, contrabaixo, oboé, clarinete, fagote, flauta, trompete, trombone, trompa e percussão. Esta é uma parceria entre o Ministério da Educação, o Agrupamento de Escolas Lousada Oeste, o Conservatório do Vale do Sousa e o Município de Lousada.

Assim, cabe ao Ministério da Educação a atribuição de um crédito horário de (55 horas) ao Agrupamento de Escolas Lousada-Oeste, para recrutamento de docentes do ensino artístico especializado. A Câmara Municipal de Lousada compromete-se a financiar a aquisição dos instrumentos e o Agrupamento de Escolas Lousada-Oeste e Conservatório do Vale do Sousa partilham a Direção Artística. A música tem um papel importante no desenvolvimento das crianças e jovens. O projeto é inspirado no modelo El Sistema, criado e idealizado na Venezuela.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.