endoencas

Esta quinta-feira, dia 14 de abril, Quinta-Feira Santa, os Municípios de Penafiel e Marco de Canaveses assinalam a secular Celebração das Endoenças.

A procissão está de regresso, nos moldes tradicionais, depois de dois anos em que decorreu de forma condicionada e sem a presença de fiéis, devido à pandemia.

As comemorações iniciam às 20 horas, com a Missa da Ceia do Senhor, na Igreja Paroquial de Santa Clara do Torrão. Por volta das 21 horas segue-se a procissão do Senhor dos Passos em direção à Capela de S. Sebastião, em Entre-os-Rios, onde terá lugar o “Sermão do Encontro” entre Jesus Cristo e Nossa Senhora das Dores.

A procissão será iluminada por cerca de 50 mil tigelinhas, que serão colocadas nas margens dos rios Tâmega e Sousa, em Penafiel, Marco de Canaveses e Castelo de Paiva.

Já na sexta-feira, dia 15 de abril, pelas 15 horas, a Procissão do Enterro do Senhor cumpre o percurso inverso, de regresso à Igreja Paroquial de Santa Clara do Torrão, no Marco de Canaveses.

As Endoenças de Entre-os-Rios, classificada em 2015 pelo Município de Penafiel e inscrita no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, constituem um evento secular de turismo religioso ímpar, no qual milhares de tigelinhas iluminam as duas margens do rio Tâmega, a freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão (Marco de Canaveses), o lugar de Entre-os-Rios (Penafiel) e ainda o lugar de Boure na margem esquerda do rio Douro, pertencente ao concelho de Castelo de Paiva, lugares que constituem antigo Couto de Entre-os-Rios.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.