A GNR deteve, na segunda-feira, dois homens no concelho de Penafiel por violência doméstica. Um jovem de 25 anos chegou a tentar atropelar a ex-companheira de 19 anos na presença do filho, enquanto o outro detido, com 44 anos, arremessou água a ferver contra a vítima.

Em comunicado, a força policial referiu que os dois homens ficaram proibidos de contactar com as vítimas “por qualquer forma ou meio”, sendo controlados por pulseira eletrónica.

No âmbito de uma investigação, a GNR apurou que um homem de 25 anos exercia violência física e psicológica sobre a sua ex-companheira, de 19 anos, “ameaçando-a de morte e dirigindo-lhe insultos, na presença do filho menor de dois anos”.

Depois da separação, numa das visitas ao filho de dois anos, tentou mesmo atropelar a vítima, obrigando-a a saltar para um campo agrícola para se salvar, sendo que a situação oconteceu na presença do filho, refere o comunicado.

A vítima foi institucionalizada juntamente com o menor. Também foram emitidos mandados de busca, que levaram à apreensão de uma espingarda de caça, de uma pistola, bem como de munições de vários calibres.

Homem atirou água a ferver a mulher contra vítima

No mesmo dia, a GNR também deteve um homem de 44 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel.

O homem fazia ameaças de morte à vítima, uma mulher de 42 anos, a injuriá-la e a agredi-la. Num dos episódios de violência doméstica, o agressor chegou mesmo a arremessar água a ferver contra a vítima.