A GNR deteve este domingo de manhã o proprietário de um café de Carvalhosa, Paços de Ferreira, que manteve o seu estabelecimento aberto contra as ordens do Governo.

Segundo a Câmara Municipal de Paços de Ferreira, o espaço tinha sete clientes no seu interior quando os militares da GNR chegaram ao local, uma “violação grosseira do Estado de Emergência em vigor no nosso país”.

Recorde-se que, devido à pandemia de Covid-19, o Governo decretou que apenas os estabelecimentos de atendimento ao público essenciais podem permanecer em funcionamento.

A polícia pode mesmo deter os proprietários pelo crime de desobediência e encerrar os espaços.

“Estas atitudes são absolutamente inaceitáveis, sobretudo num momento em que no nosso concelho os casos de COVID-19 não param de aumentar. São já 94 os infetados e 4 os cidadãos que perderam lamentavelmente a vida”, afirmou a autarquia.

AEPF Formação Modular