Oito homens, com idades entre os 20 e os 50 anos e residentes na zona do Vale do Sousa e Grande Porto, foram detidos pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Penafiel, numa megaoperação de combate ao tráfico de estupefacientes na região. Presentes a juiz, cinco foram colocados em prisão preventiva.

Os detidos, três dos quais com antecedentes criminais, faziam do tráfico modo de vida. Vendiam droga junto de vários estabelecimentos de ensino e de alguns apeadeiros de estações ferroviárias, que causavam elevado alarme social devido à grande concentração de toxicodependentes naqueles locais, que procediam à compra do referido produto.

Na origem da investigação que durou cerca de um ano, esteve uma denúncia a um indivíduo, que fornecia produto estupefaciente a vários consumidores nas localidades de Penafiel, Lousada, Paredes, Vila Meã e Alpendorada. Durante a investigação, as autoridades identificaram e detiveram mais oito sete homens, que trabalhavam com ele.

Esta terça-feira, a GNR realizou 11 buscas domiciliárias e 11 buscas em veículos, durante as quais apreenderam 4184 doses de haxixe, 443 doses de cocaína, 332 doses de liamba, 15 telemóveis, oito veículos, cinco computadores portáteis, três facas de corte, três PlayStation e 19 mil euros em numerário.

Cinco dos detidos naquela que foi a maior operação deste ano de combate ao tráfico de estupefacientes, realizada pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Penafiel, foram colocados em prisão preventiva após serem presentes ao juiz.