111 1

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou este sábado as medidas que vão vigorar no Natal e no Ano Novo. Depois de uma reunião do Conselho de Ministros, o líder do Governo sublinhou que a situação vai ser revista a 18 de dezembro. “Ninguém pode baixar a guarda”, disse.

Ainda que o convívio entre familiares não esteja proibido, António Costa apelou às famílias que evitem ” confraternizações com muitas pessoas”, com períodos longos sem uso de máscara e em espaços fechados e com pouco arejamento.

 

Para o primeiro-ministro, “importa que seja um Natal de partilha”, mas sem a transmissão do vírus. “Não partilhemos o vírus. Esse não pode ser a nossa prenda de Natal.”

Veja a lista de medidas.

medidas natal

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.