A GNR identificou, no sábado, uma mulher de 50 anos no concelho de Paredes por por suspeita de recetação de objetos furtados. A suspeita tinha à venda, na sua loja, artigos furtados de uma residência.

Segundo um comunicado daquela força policial, a identificação surgiu na sequência “de uma denúncia que num estabelecimento comercial se encontravam à venda objetos furtados do interior de uma residência no concelho de Paredes”.

Assim, os militares da Guarda apreenderam um bandolim, um cavaquinho e um rádio antigo, avaliados em cerca de 1650 euros, que tinham sido furtados. Os artigos vão ser devolvidos ao proprietário depois de reconhecimento.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paredes

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.