O Movimento Rio Sousa reuniu-se a 14 de janeiro com a Câmara Municipal de Lousada, “a fim de se inteirar dos projetos em execução a nível ambiental no concelho”. No final da reunião, as palavras foram de “louvor” à autarquia.

“O Movimento considera que a forma como Lousada aborda esta temática é um exemplo que pode e deve ser replicado pelos outros municípios da bacia hidrográfica do Rio Sousa”, comunicou o grupo.

Durante a reunião, os representantes camarários apresentaram a rede de projetos de proteção ambiental no concelho de Lustosa, que incluiu projetos como “Lousada Guarda Rios”, “BioEscola”, “Gigantes Verdes”.

No final da reunião, o Movimento Rio Sousa declarou que o trabalho desenvolvido pela autarquia de Lousada relativamente ao Rio Sousa e os seus afluentes é “de louvar”.

“Este foi início de um périplo de reuniões com os municípios abrangidos pela bacia do Rio Sousa, estando já agendada para a próxima quinta feira, 16 de janeiro, uma reunião com a Câmara Municipal de Paredes”, informou o grupo.

O movimento confirmou também que já pediu reuniões com as câmaras municipais de Penafiel, Paços de Ferreira, Felgueiras Gondomar e Valongo, pedindo “uma defesa dos rios não apenas em algumas zonas geográficas específicas, mas em toda a sua dimensão territorial, o que implica uma desejada cooperação intermunicipal”.