fuga

Um militar da GNR foi atropelado por um condutor cadastrado, durante uma perseguição policial ocorrida na tarde desta quinta-feira, em Paço de Sousa, Penafiel.

Ao que o Jornal IMEDIATO apurou, o homem de 31 anos e residente em Penafiel, seguia na estrada que liga as freguesias penafidelenses de Galegos e Paço de Sousa, quando foi avistado pelas autoridades. Sabendo que o mesmo não possui carta de condução e tem já condenações por tráfico de droga, os militares foram em seu encalço.

Apercebendo-se da presença das autoridades, o homem colocou-se em fuga, a alta velocidade, colocando em perigo transeuntes e alunos das escolas da localidade.

Cerca de quatro quilómetros depois do início da perseguição, os militares da GNR conseguiram encurralar o fugitivo, que acabou por parar o carro. Quando a guarda se dirigia para o carro do suspeito, este fez marcha atrás e atropelou um dos militares que ia na sua direção. Quando se preparava novamente para fugir, embateu num poste de eletricidade e ficou imobilizado, acabando por ser detido.

Além da falta de habilitação legal para conduzir, o homem seguia numa viatura sem seguro e sem inspeção periódica obrigatória desde 2018.

O  militar da GNR que foi atropelado foi transportado pelos Bombeiros Voluntários de Cete para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.