CHTS 1

Há mais de 70 doentes no Serviço de Urgência do Hospital Padre Américo, em Penafiel, à espera de vagas para internamento. A denúncia é feita pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros que fala em falta de espaço físico e de recursos humanos para dar resposta às necessidades dos doentes.

Com as Urgências do hospital sobrelotadas, os doentes para internamento aguardam em macas, nos corredores Esta segunda-feira, segundo a Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros eram mais de 70 doentes nesta situação. Segundo a mesma fonte, na área respiratória, existem 13 doentes com covid-19 e três com uma bactéria multirresistente, que partilham espaço com casos suspeitos.

Contactado pelo Jornal IMEDIATO, o Centro Hospital do Tâmega e Sousa, do qual faz parte o Hospital Padre Américo, em Penafiel, confirmou que na manhã desta segunda-feira estavam 78 doentes internados no serviço de urgência, o que se deve “à grande afluência de doentes nos últimos tempos e que tem atingido números próprios das épocas de Inverno”.

Reconheceu ainda que “estes momentos de maior afluência causam dificuldade de resposta por escassez de camas para internamento, apesar da permanente articulação que vamos fazendo com os outros hospitais da região, públicos, privados, Misericórdias e Hospital Militar e Hospital da Universidade Fernando pessoa, em Gondomar”, acrescentando ainda que, numa altura em que afluência à urgência dos vários hospitais da zona Norte é elevada, “a disponibilidade de camas em todo o sistema fica mais reduzida, obrigando a um esforço mais intenso”.

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa garantiu ao ainda ao Jornal IMEDIATO que “está a acompanhar, em permanência, a afluência de utentes ao Serviço de Urgência do Hospital Padre Américo, Penafiel” e que vai continuar “a desenvolver todos os esforços para atenuar esta situação ao longo dos próximos dias, acompanhando em permanência a situação e promovendo articulação global com as outras instituições”.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.