As equipas da I Liga vão poder fazer até cinco substituições nos 10 jogos que faltam da presente temporada e levar até nove jogadores para o banco de suplentes.

Esta medida transitória permite mais duas substituições e faz aumentar também em mais dois o número de atletas na ficha técnica para os jogos, vindo de encontro ao desejo da maioria dos treinadores, preocupados com os efeitos físicos nos atletas neste regresso à competição após a paragem pela pandemia.

A Liga anunciou a medida em comunicado:


ouro e prata