A tecnologia deve servir essencialmente para melhorar a qualidade de vida humana ao mesmo tempo que altera paradigmas em relação à forma como sempre se processaram muitas das ações do quotidiano que tomamos por garantidas.

Em plena fase de pandemia, este conceito de mudança e adaptabilidade nunca fez mais sentido do que agora. A braços com uma crise crescente e com a necessidade de adaptação a toda uma nova realidade, os profissionais do ramo imobiliário da região não cruzaram simplesmente os braços enquanto aguardavam que a tempestade passasse.

Como tal, e através do uso da mais avançada tecnologia disponível, é agora possível efetuar visitas a um imóvel à distância, através da internet.

Mundos Virtuais em Espaços Reais

O conceito não será seguramente surpreendente para a maioria dos utilizadores de tecnologias ao longo dos últimos anos. Muito frequentemente afetos à área do entretenimento, mais particularmente ao mundo dos jogos, a criação de ambientes virtuais é cada vez mais completa e surpreendente, estando já a um nível de definição que ombreia gradualmente com a própria realidade.

Utilizando tecnologia similar, é possível capturar todo um imóvel num mundo 3D, exportando-o para uma plataforma online onde o utilizador poderá “visitar” o mesmo em maior detalhe, no conforto do seu lar ou qualquer outro local onde se encontre.

O resultado é uma experiência segura e ainda mais convidativa nas atuais circunstâncias e através da qual o interessado poderá ficar a conhecer em maior detalhe um ou mais imóveis num curto espaço de tempo.

Mundo de Oportunidades

Desta forma, tanto o tempo do agente imobiliário como o do cliente é maximizado, sendo que quaisquer visitas ao local de forma tradicional poderão ter uma taxa de verdadeiro interesse muito superior, uma vez que a visita virtual já teve lugar e, inclusive, alguns procedimentos podem mesmo ser agilizados.

Este novo mundo de oportunidades aproxima cliente e imóvel de uma forma que era até recentemente impossível, englobando e fazendo evoluir todo o processo de gestão e aquisição do imóvel.

Se a internet já tinha nos últimos anos em muito revolucionado a forma como este processo se desenrolava ao fazer chegar fotografias detalhadas e informação técnica a potenciais clientes, ver acrescentada a possibilidade de visitar um imóvel à distância passa a redefinir o conceito de mercado imobiliário.

Em última instância, esta tecnologia permite que, praticamente sem a interação do agente imobiliário, centenas ou milhares de pessoas possam ficar a conhecer em muito maior detalhe um imóvel no mercado, filtrando também de forma adequada aqueles que estarão realmente interessados e avançarão para uma visita ao espaço físico.

Regiões para o Futuro

Os profissionais das regiões que mais rapidamente transferirem o seu portfolio de imóveis para fazer face a esta nova tecnologia poderão ser um veículo impulsionador da economia local, uma vez que chegarão de uma forma mais completa que nunca a possíveis clientes independentemente da localização geográfica dos mesmos.

Desta forma, passa a existir mais um mecanismo que pode ser utilizado para atenuar as disparidades regionais e o qual, adotado o quanto antes, servirá seguramente para atrair para o mercado local um sem-número de interessados que, de outra forma, não consideraria deslocar-se para uma visita a um imóvel no mercado.

ouro e prata