Um homem de 74 anos morreu na tarde desta quinta-feira, na sequência de um despiste que terá sido provocado por uma paragem cardiorrespiratória.

Ao que o Jornal IMEDIATO apurou, o automobilista entrou na EN 207, na Avenida de Paços, em Torno, Lousada. Vindo de uma rua secundária, não parou num sinal de paragem e embateu contra o muro de uma habitação. Segundo relatos de entidades no local, o homem terá tido uma paragem cardiorrespiratória, que provocou o acidente.

“À nossa chegada, a vítima estava em paragem cardiorrespiratória. Foi socorrida pelos bombeiros e pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação do Vale do Sousa, mas não conseguimos reverter a situação e o óbito foi declarado no local”, relatou José Aires, comandante dos Bombeiros Voluntários de Lousada.

Na viatura seguia ainda a mulher, que sofreu ferimentos ligeiros e foi transportada para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

No local esteve a GNR de Lousada e uma equipa de psicólogos do INEM, a prestar apoio a alguns familiares do casal, que para ali se deslocaram após tomar conhecimento do acidente. 

ouro e prata