Homem detido / Armas / Violência / Pulseira eletrónica / Paredes / violência doméstica / Residência / GNR
Fotografia: GNR

A GNR deteve um homem de 51 anos por violência doméstica, no concelho de Penafiel. Segundo um comunicado da força policial, o suspeito agredia e ameaçava a sua esposa de 35 anos, com quem tinha duas filhas de 18 e 4 anos.

“Durante as diligências policiais, apurou-se que o agressor esteve vários anos a trabalhar no estrangeiro, regressando a Portugal no passado mês de outubro. Foi possível apurar-se ainda que o agressor, que consumia excessivamente bebidas alcoólicas e produtos estupefacientes, começou a agredir fisicamente e a ameaçar a vítima, movido por ciúmes exacerbados, passando a controlar a vida e as rotinas diárias da mesma e da filha de 18 anos”, lê-se na nota.

Pelos comportamentos agressivos e pelo escalar de violência, o suspeito foi detido e presente ontem, dia 10 de novembro, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Penafiel, onde ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contactar, por qualquer forma ou meio ou por interposta pessoa com a vítima, obrigação de se sujeitar a avaliação médica e eventual tratamento à sua dependência alcoólica e proibição de se aproximar da vítima, num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *