aep

Começou hoje, sexta-feira, em Penafiel, a XXII edição da Feira da Saúde, uma iniciativa promovida pela Associação Empresarial de Penafiel (AEP), com o apoio da autarquia, que se prolonga até amanhã, sábado. Este ano o evento cresceu e conta com mais três expositores.

“Esta feira faz parte dos nossos eventos anuais e é um evento carismático da nossa Associação”, começou por referir Nuno Brochado, presidente da AEP, destacando o facto de o evento, de ano para ano, “aumentar, inovar”, contando com mais participantes e granjeando cada vez mais visitante, que “cada vez mais se interessam pela parte preventiva” e se associam ao evento, onde podem fazer rastreios. “Sabemos que os problemas do futuro são os que criamos hoje. E por isso aqui, diversificamos o tipo de participantes, com nutricionismo, psicologia, acompanhamento de crianças, análises e uma componente mais indireta que é a dos seguros”, explicou.

“É importante voltar a conviver com as pessoas. Esta é uma retoma muito esperada”, frisou.

Na sua 12.ª edição, a Feira da Saúde da AEP conta com mais três participantes, num total de 22. “Procuramos incluir novos participantes, ligando isto não só à parte empresarial, mas também às nossas IPSS’s, às associações do concelho, e também ao Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, uma referência na região”, explicou Nuno Brochado.

A par com a Feira, o evento contempla uma conferência, este ano ligado à parte nutricional, sobre a temática dos “Distúrbios Alimentares”. “A nutrição é um assunto cada vez mais em voga. Até nós, na Associação, na alimentação dos nossos formandos, tentamos introduzir uma componente de alimentação saudável.  E por isso estas conferências são uma aposta ganha, para as pessoas poderem participar e poderem perceber mais do tema que queremos passar”; concluiu.

A Câmara Municipal de Penafiel é parceira da Feira da Saúde e considera que “cada vez mais a população em geral e as instituições públicas reconhecem que a saúde é determinante para a qualidade de vida da população”, referiu Pedro Cepeda, vereador da autarquia penafidelense, justificando a importância do evento.
Segundo o autarca, importa apostar em iniciativas como a Feira da Saúde, “que promovem que os cidadãos sejam proativos na verificação e monitorização da saúde, para dessa forma, poderem identificar, por antecipação, problemas que possam vir a ter e não deixarem as coisas chegar aos limites”.

O desejo é que muitos visitantes se associem ao evento “e possam também ter mais informação, mais literacia na área da saúde”, concluiu Pedro Cepeda.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.